Escolha do novo PGJ: Carmelina Moura, Hugo Cardoso e Paulo Rubens compõem lista tríplice

A lista tríplice segue para o chefe do Poder Executivo estadual, que dispõe de um prazo de 10 dias para exercer seu direito de escolha e nomear o novo PGJ.

(Foto: MPPI)

Os Procuradores e Promotores de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí definiram, na manhã de hoje (13), os três membros da instituição que poderão ser nomeados pelo Governador do Estado para ocupar o cargo de Procurador-Geral de Justiça no biênio 2019-2021. Entre os quatro candidatos inscritos, os mais votados foram Carmelina Maria Mendes de Moura, Hugo de Sousa Cardoso e Paulo Rubens Parente Rebouças.

A lista tríplice segue para o chefe do Poder Executivo estadual, que dispõe de um prazo de 10 dias para exercer seu direito de escolha e nomear o novo PGJ. Caso transcorra esse prazo sem que o Governador se manifeste, a candidata mais votada pela classe ministerial ocupará o cargo de chefia do MPPI.

Confira abaixo a quantidade de votos que cada candidato obteve.

1ª colocada: Carmelina Moura – 102 votos

2˚ colocado: Hugo de Sousa Cardoso – 100 votos

3˚ colocado: Paulo Rubens – 92 votos

4˚ colocado: Flávio Teixeira – 63 votos

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: