Após oito anos afastado da política, Elizeu Aguiar se filia ao PSL para disputar senado

Elizeu recebeu o convite para se filiar ao PSL, do empresário Fábio Sérvio, que deve ser o candidato a governador, pelo partido

Há quase oito anos afastado do cenário político, e dedicado ao quadro de direção do River Atlético Clube, Elizeu Aguiar se filia ao Partido Socialista Liberal nesta sexta-feira (06/04), com a pretensão de disputar uma vaga ao senado em 2018. Ele acredita que o momento de renovação clamado pela população pode ser uma vertente que lhe leve a ter chances claras de conseguir umas das duas vagas que serão disputadas.

Elizeu recebeu o convite para se filiar ao PSL, do empresário Fábio Sérvio, que deve ser o candidato a governador, pelo partido. “Nós estamos aqui montando uma chapa, recebi o convite por parte do Fábio, para compor, e aceitei”, explicou.

Elizeu Aguiar em coletiva como presidente do River (Foto: Victor Costa / River AC)

A intenção, segundo ele, é levar o maior número de pessoas para a sigla, e também fazer coligações de modo que viabilize a disputa tanto para o senado, quanto para a disputa majoritária. “Hoje o PSL já está coligado com o PROS, só que a partir de agora, depois de terminada as filiações e tudo, vamos tentar buscar mais partidos para dar apoio a essa chapa que vai ser encabeçada pelo Fábio, que será candidato ao governo”.

DISPUTA PELO SENADO

Atualmente, apenas o senador Ciro Nogueira (Progressistas), tem colocado seu nome como certo para disputar novamente uma vaga no senado. Regina Sousa (PT), que assumiu a vaga quando Wellington Dias deixou o posto para assumir o governo, ainda vive a indefinição quanto a disputa, já que o Partido Dos Trabalhadores não fechou a composição da chapa.

 Elizeu pretende aproveitar o momento para conseguir dar projeção ao seu nome. “Todo partido vai ter sua estratégia, e toda chapa vai ter que compor seu quadro. O senador Ciro já tem mandato e é um candidato fortíssimo, mas a gente vive um momento no brasil, de apelo de renovação, por parte da população, então acredito que vários outros candidatos irão surgir, com esse propósito da gente fazer uma renovação na política” comentou.

VOLTA A POLÍTICA

Depois de quase duas décadas afastado do cenário político, período em que comandou negócios pessoais e fez parte da diretoria do River, clube que também foi presidente, Elizeu volta a disputar um cargo político, segundo ele, por apelo de parte de suas lideranças.

“A última disputa que fiz foi em 2010, e eu particularmente, achava que não seria mais candidato a nada, mas há um apelo, uma solicitação por parte das minhas lideranças, de que eu pudesse voltar, colocar o nome a disposição de alguma forma, que pudesse dar essa contribuição. E eu também represente alguns seguimentos, como igrejas evangélicas”.

VISIBILIDADE NO COMANDO DO RIVER

Atuar como presidente do time considerado o de maior estrutura no Piauí, segundo Elizeu, pode ter contribuído para que mantivesse a visibilidade que ganhou enquanto exerceu cargos políticos, no entanto disputar o senado é um novo desafio.

“Eu acredito que o River é uma paixão, ainda hoje faço parte do conselho do clube. Ou seja, passei 16 anos me dedicando a ele, dei o meu melhor, fizemos uma transição amigável com o novo presidente. O fato de estar a frente do clube, certamente manteve viva a imagem, a lembrança do nome”.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: