Portal O Estado

Polícia Militar dá dicas de segurança para quem vai às compras

Para evitar furtos, a PM aconselha que as mulheres levem a bolsa na frente ou embaixo do braço

Com o pagamento do 13° salário, muitas pessoas já estão indo ao Centro de Teresina garantir suas compras de final de ano. Isso faz com que o fluxo de pessoas aumente, sendo um atrativo para práticas criminosas, como assaltos e furtos. E para diminuir esses riscos, a polícia orienta que a população adote algumas práticas de segurança.

Segundo o major Marcelo Barros, subdiretor de Comunicação da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), a primeira recomendação é evitar manusear grande quantidade de dinheiro em público, pois isso pode atrair a atenção de terceiros.

Para evitar andar com montante de dinheiro, opte por pagar as contas com cheque ou cartão de crédito. Também evite ter muitos cartões na carteira. “Orientamos também que as pessoas evitem ficar abrindo a carteira ou bolsa em público, principalmente na frente de estranhos e quando for ao Centro, leve apenas documentos necessários. Nunca forneça informações pessoas a estranhos e evite fazer comentários sobre providências de depósitos em agências bancárias”, pontua o major.

Outra orientação dada pelo subdiretor de Comunicação da PM-PI é evitar andar com objetos de valor, como relógios, joias, celulares e notebook. No caso das mulheres, elas devem estar com a bolsa firme embaixo do braço e na frente do corpo, sempre com a mão sobre o zíper. Procure estar sempre acompanhado e evite andar em ruas desertas, sem grande movimento e pouco iluminadas. “Procure não ir às compras sozinho. Se possível, vá com alguém para fazer companhia, o que torna-se mais seguro, sobretudo se forem pessoas idosas, especialmente em agências bancárias. É bom evitar locais de grande aglomeração e se estiver acompanhada de crianças, coloque alguma pulseira de identificação, pois caso ela se perca tenham como entrar em contato”, alerta o major Marcelo Barros.

Se não tiver companhia, o major recomenda que busque sempre andar pelas calçadas e na direção contrária ao trânsito. Isso permite perceber a aproximação de estranhos ou de veículos suspeitos. “No caso de furto ou roubo, é imprescindível que seja comunicado imediatamente ao policial militar mais próximo ou ligue para o número 190. E lembre-se de nunca reagir”, finaliza.

Com informações: Jornal ODIA

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: