Detento que matou outro dentro de cela, é condenado a 19 anos de prisão

Para o júri o crime cometido em Piripiri foi duplamente qualificado, por motivo torpe e com requintes de crueldade

A vítima, Paulo 'raposo', foi assassinada com requintes de crueldade. (Foto: Reprodução)

Na noite da última terça-feira (02/10) aconteceu, em Piripiri, o julgamento que condenou Francisco Tiago, vulgo Tiaguinho, culpado pelo assassinato de José Paulo de Sousa Nascimento, conhecido como Raposo. Tiaguinho foi condenado a 19 anos e 3 meses de reclusão.

O assassinato

José Paulo de Sousa Nascimento, o Raposo, foi morto com requintes de crueldade dentro de uma das celas anexadas ao Complexo de Delegacias de Piripiri, em março de 2015. Na época do crime, Paulo estava preso por suspeita de tentativa de estupro. Entretanto a família afirma que o mesmo sofria de transtornos mentais e que a acusação não condizia com os fatos. 

Para o júri o crime foi duplamente qualificado, por motivo torpe e com requintes de crueldade. O julgamento que foi a júri popular ainda absolveu  Francisco Rafael, Tiago Mousinho Estevam e Darlan da Silva da acusação.  

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: