A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), junto com os seus pré-candidatos a deputado estadual e federal se encontram para se prepararem estrategicamente para as eleições 2018. Com a prática de realizar discussões internamente com os seus filiados,  o PT tem uma instância chamada Encontro de Táticas Eleitoral, onde se discute o que é que o partido vai apresentar para a sociedade nas eleições.

O vereador Dudu, que também é o secretário de finanças do PT no Piauí, falou sobre os principais pontos debatidos nessas reuniões e o que o partido pretende nas eleições deste ano:

“Os pontos que foram discutidos desde o início com os delegados e com os pré-candidatos são de grande relevância e importância para as próximas eleições. O primeiro que já está patenteado é sobre a eleição do presidente Lula. O Lula é o nosso candidato à presidência da República e não abriremos mão disso, até porque se o PT abrisse mão, iríamos estar aceitando o que parte da mídia e parte do judiciário deseja, condenado o Lula como preso político e isso é inaceitável”, afirma vereador.

Segundo Dudu, outro ponto é reafirmar a reeleição do governador Wellington Dias como uma das estratégias principais no Piauí, tendo como vice-governadora Regina Sousa, atual senadora:

“Está mais do que reafirmado a candidatura à reeleição do governador Wellington Dias como uma das mais importantes estratégias, além de discutir a reeleição da senadora Regina que, ao final das discussões com os partidos aliados, se afunilou para que ela fosse deslocada de candidatura de reeleição ao senado para a vice-governadoria. Então o PT hoje também bate o martelo nisso”, declarou Dudu.

O terceiro ponto é que o PT também tem uma pauta de ter uma chapa pura de deputado estadual e deputado federal, mas com o deslocamento da senadora Regina Sousa para a vice governadoria, abriu-se a discussão com os delegados e com os pré-candidatos do PT, abrindo possibilidade para a formação de um chapão com os partidos aliados. Nesse caso, o PT ainda vai discutir essas possibilidades.

“Reafirmamos Lula como candidato a presidência, Wellington Dias para reeleição ao governo e Regina Sousa como candidata a vice-governadora. Esses e outros pontos nós iremos bater o martelo no dia 03 de agosto, na convenção oficial do PT”, diz Dudu.

Além do programa de governo e das principais diretrizes que o PT vai apresentar, é aguardado também as indicações dos partidos aliados que irão compor com eles a chapa para, no dia 3 de agosto, ser aprovado um programa de governo à altura do desafio que o PT vai ter nesse ano de 2018.

O Encontro de Tática Eleitoral do PT inicia nesta sexta-feira (27/07) e será concluído neste sábado (28/07).

Dê sua opinião:

Tags