Policiais Rodoviários Federais realizaram a apreensão de 114,50 m³ de madeira serrada que estavam sem licença ambiental válida para o transporte. Os policiais identificaram o crime ambiental nos municípios de Picos, no Sudeste do Piauí, Luís Correia, no Norte do estado, e na capital Teresina, ao abordar três veículos. 

As ações ocorreram nas BRs 316 e 402 durante o sábado (06/10). Foi solicitado aos condutores toda a documentação ambiental referente as cargas. Em todos os casos as cargas estavam desacompanhadas no todo ou em parte da documentação ambiental. Em Teresina o condutor foi autuado e detido por uso de documento falso.

As cargas avaliadas em torno de R$ 20 mil vinha de Bajaru, no Pará, São João da Varjota, no Piauí, e Cláudia, em Mato Grosso, e tinha como destino os municípios de Araças, na Bahia, Picos e Aquiraz, no Ceará.

As empresas proprietárias dos veículos e das cargas foram enquadradas no Art. 46 da Lei Nº 9.605/98 de crimes ambientais. Toda as cargas de madeira juntamente com os veículos foram encaminhados ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e encontram-se disponíveis em Teresina, Picos, Parnaíba para os encaminhamentos devidos. Os condutores ainda podem responder por uso de documento falso.

Dê sua opinião:

Tags