Portal O Estado

Soldados do exército fuzilam carro de família com 80 tiros no Rio; homem morre

De acordo com testemunhas, homem estava acompanhado do filho de 7 anos, da esposa e de uma amiga e ia para um chá de bebê

Um homem morreu no Rio de Janeiro depois que o carro em que ele estava com a família foi baleado por tiros de fuzil por militares do Exército — outros dois homens também foram atingidos e estão no hospital. 

De acordo com a reportagem, o motorista morto é Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, que trabalhava como músico e segurança. Ele ia com a família, acompanhado do filho de 7 anos, a mulher e uma amiga, para um chá de bebê.

Em nota enviada à emissora, o Exército declarou que a patrulha se deparou com um assalto em que dois criminosos atiraram e os militares reagiram à “injusta agressão”. A instituição acrescentou que os fatos serão apurados.

O delegado Leonardo Salgado, da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, disse que foram feitos pelo menos 80 disparos de fuzil e que tentou ouvir os nove militares que estavam envolvidos na ação, mas eles saíram do local.

Em novo pronunciamento, o Exército acrescentou que o Comando Militar do Leste determinou que todos os envolvidos e as testemunhas sejam ouvidos em uma delegacia militar.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: