Portal O Estado

Sesapi lança Catálogo de Sistema de Compras, adquirido junto ao Governo do Ceará

“O catálogo de compras é composto de 76 mil itens. Com esta providência a SESAPI dá um passo definitivo para centralização das licitações, permitindo comprar com mais agilidade e menor preço”, diz secretário

Com o objetivo de otimizar e dar celeridade no andamento dos processos administrativos, a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí irá lançar nesta quinta-feira (03), as 8h, na sala de reunião do gabinete, o Catálogo Geral de Materiais e Serviços da SESAPI - Sistema de Compras e Intenções de Demanda. O evento contará com a presença do Governador do Estado, Wellington Dias, do Secretário de Saúde, Florentino Neto, diretores dos Hospitais e demais autoridades.

O Catálogo de Sistema de Compras já é utilizado no Governo do Ceará, que realizou o compartilhamento de banco de dados com o Piauí. “O catálogo de compras que será lançado amanhã é composto de 76 mil itens. Com esta providência a SESAPI dá um passo definitivo para centralização das licitações, permitindo comprar com mais agilidade e menor preço”, enfatiza Florentino Neto.

O compartilhamento de banco de dados entre os estados do Piauí e Ceará se deu de forma gratuita e por tempo indeterminado. “Atualmente a SESAPI não possui níveis elevados de maturidade na execução dessas atividades. Inclusive esse é um dos benefícios esperados com a cessão gratuita da estrutura de base de dados do catálogo de bens, matérias e serviços do Governo do Ceará”, lembra o secretário.

A construção do sistema foi realizada pela Agência de Tecnologia da Informação (ATI). “A Secretaria de Saúde pediu que fosse desenvolvido um sistema que permiti o levantamento das demandas dos hospitais, especificamente para mostrar o processo de compras de materiais para a secretaria de saúde, ou seja, um sistema que validasse a demanda dos hospitais em termos de remédios, equipamentos e o que fosse necessário. Para isso, a SESAPI entrou em contato o governo do estado do Ceará e pegou uma base de dados e de itens que eles utilizam. Assim importamos essa base para dentro do nosso sistema de demanda de compras e fizemos o que será utilizado no Piauí”, explica James Cleiton coordenador de Rede da ATI. 

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: