Prefeitura realiza pagamento do aluguel social para desabrigados a partir desta terça-feira (07)

O repasse do benefício será feito nas agências do Banco do Brasil da Rua Álvaro Mendes, no BB da Praça Rio Branco e também na agência localizada na Rua 13 de Maio.

(Foto: Ascom/Semcasp)

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) antecipou o pagamento do aluguel social oferecidos às famílias atingidas pela enxurrada no Parque Rodoviário, zona Sul de Teresina, e também as vítimas das chuvas em outras zonas da capital. O pagamento, que estava previsto para acontecer dia 15 de maio, deve ser feito a partir desta terça-feira (7). O repasse do benefício será feito nas agências do Banco do Brasil da Rua Álvaro Mendes, no BB da Praça Rio Branco e também na agência localizada na Rua 13 de Maio.

Os beneficiários deverão se dirigir ao local portando o RG, além do NIB (Número de Identificação Bancária) e informar que é beneficiário do Programa Cidade Solidária. Ao todo, são 245 famílias inclusas no programa. Dessas, 73 são do Parque Rodoviário. Segundo o último levantamento divulgado pela Semcaspi, não há mais famílias no abrigo coletivo montado na Igreja Católica do bairro.

O Programa Cidade Solidária segue ampliando o atendimento os afetados, por meio do aluguel social e da distribuição de kits limpeza, kits de acolhimento e cestas básicas. As equipes da Prefeitura de Teresina, que incluem Semcaspi, SDU’s e Semduh continuam no local, garantindo o auxílio à população e realizando trabalho de coleta nos pontos de arrecadação, localizados na Praça do Parque Rodoviário e na Igreja Católica.

“A Prefeitura de Teresina, desde o primeiro instante do ocorrido no Parque Rodoviário, tem ficado ao lado das vítimas e ofertado o apoio necessário nesse momento de calamidade, sobretudo através do Cidade Solidária. A gestão fez um esforço para antecipar a entrega do aluguel social para as famílias hoje, porque compreendemos que todo esforço nosso contribui para a minimização dos danos na vida da moradores da região”, afirma o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

A população pode tirar dúvidas sobre o Cidade Solidária entrando em contato com a Gerência de Proteção Social Básica (GPSB), por meio do 3215-7485.

Sobre o programa

O Cidade Solidária atende famílias em situações emergenciais de desabrigamentos, em consequência das chuvas, infortúnios, incêndios, alagamento, transbordamento de rios ou lagoas ou ainda, situações de vulnerabilidades temporárias. O trabalho é executado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU’s) e Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR).

Fonte: Prefeitura de Teresina

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: