O teresinense tem ganhado mais consciência ambiental e buscado garantir um melhor reaproveitamento de materiais recicláveis, destinando-os aos Postos de Entrega Voluntária (PEVs) disponibilizados pela Prefeitura. De janeiro a agosto de 2019, 655 toneladas de plástico, metal, papel e vidro foram coletados, enquanto em 2018, o total recolhido foi de 829 t.

De acordo com o secretário executivo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Vicente Moreira, um aumento na média mensal de resíduos coletados deixa visível o maior engajamento da população.

“Fechamos 2018 com uma média mensal de 69 t de resíduos recicláveis coletados, já nesses oito primeiros meses de 2019, média aumentou para 81,8 t. Isto é resultado das campanhas de educação ambiental que acontecem diariamente, nos turnos manhã e tarde, e também por conta do aumento de PEVs distribuídos pela capital. Atualmente, contamos com 19 postos que atendem as demandas da população em todas as zonas”, explica.

Vicente ainda destaca que para que os resultados continuem melhorando, é preciso o compromisso da população de realizar a segregação dos resíduos recicláveis em casa e destiná-los de forma correta aos PEVs.

“É importante frisar que os Postos não recebem nenhum tipo de material orgânico ou materiais sujos. Caixa de papelão está suja de comida? Não deve ser destinada para reaproveitamento, pois já está infectada. O adequado, nesse caso, é descartar no lixo domiciliar. Os PEVs são exclusivos para vidro, papel, plástico e metal que não estejam sujos para que possam de fato ser reaproveitados”, comenta o secretário executivo.

Tipos de materiais recicláveis aceitos nos PEVs

Vermelho: plásticos recicláveis como garrafas PET, potes diversos, tampas de embalagens, sacos plásticos, plásticos de brinquedos, embalagens de produtos de limpeza e canos de PVC.

Verde: vidros como garrafas de sucos, refrigerantes, cervejas e outros tipos de bebidas. Em casos de cacos de vidro, devem estar embalados em jornal.

Azul: papel que não tenha rejeitos orgânicos. Papel sulfite, papelão, caixa de embalagem de produtos, folhas de caderno, papéis de impressão, cartões e cartolinas.

Amarelo: metais como latas de alumínio e aço, arames, pregos, parafusos, fios de metal, tampas metálicas, panelas sem cabo, ferragens, objetos de alumínio, fios e objetos de cobre, canos de metal, molduras de quadris e chapas de metal.

Confira aqui a lista de locais dos PEVs.

Dê sua opinião:

Tags