Jovem comete crime bárbaro em Teresina e alega 'compulsão por matar'

O caso aconteceu no Residencial Teresina Sul, zona Sul da capital. O estudante Ítalo Rodrigues, 16 anos, teve os pés e mãos amarrados e a garganta cortada.

Menor de idade acusado de matar adolescente. (Foto: Reprodução)

Na manhã de ontem (16) um menor de idade foi apreendido ao cometer um crime bárbaro no Conjunto Residencial Teresina Sul, zona Sul da capital. O estudante Ítalo Rodrigues, 16 anos, teve os pés e mãos amarrados e a garganta cortada. Os dois estudavam juntos na mesma escola.

O adolescente confessou o crime com bastante frieza e alegou "compulsão por matar". Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu na casa da vítima. Eles teriam marcado o encontro pelo WhatzApp. Chegando no local o menor de idade iniciou uma brincadeira com Ítalo e depois o amarrou com seu consentimento. A brincadeira, no entanto, era uma desculpa para render a vítima e deixá-lo sem chance de escapar.

Em vídeo gravado dentro da viatura, após ser abordado na casa da avó, bairro Satélite, zona Leste de Teresina, e conduzido espontaneamente pelos policiais, o rapaz é recriminado ao rir da situação e fala: "mas eu não consigo segurar". Também é questionado sobre quantas facadas deu na vítima e diz: "Deve ser cinco. Chutando acho que cinco". No vídeo, ele se mostra ainda mais frio ao ser questionado pela possibilidade de arrependimento: "Realmente cara, é como se nada tivesse acontecido".

Vítima, Ítalo Rodrigues. (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

O adolescente relatou ainda que vendou os olhos da vítima para não ver o sofrimento dele, pois o desespero da vítima lhe daria mais prazer. Policiais do 17° Batalhão da Polícia Militar estiveram no local do crime e realizaram o isolamento da área. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: