O governador Wellington Dias esteve em reunião, nessa sexta-feira (6), no estado do Maranhão, com Massimo Quocchini, um dos diretores do grupo italiano Leonardo, que é uma das  dez maiores empresas do mundo no setor aeroespacial, defesa e segurança. O encontro é resultado da viagem do chefe do Executivo piauiense à Itália e, segundo o governador, a empresa  tem interesse em celebrar acordo de cooperação com o Estado do Piauí.

“É um grupo majoritariamente da Itália, do Governo da Itália, participação de fundos de várias partes do  mundo, nessa área de tecnologia voltada para saúde, segurança e bombeiros. Essa reunião é resultado da nossa viagem à Itália onde fizemos uma apresentação junto ao Ministro de Desenvolvimento da Itália e agora eles já vieram ao Brasil e aqui acertamos um termo de cooperação para a elaboração de um projeto em que eles estão dispostos a investir de diversas formas e garantir um sistema de financiamento que eles possuem numa modelagem onde o Estado paga por serviço prestado, é um modelo semelhante ao que fizemos com a PPP Piauí Conectado e também na área relacionada ao saneamento. Ou seja, é o privado quem faz o investimento e na forma de lizien onde o Estado vai comprando os serviços e lá na frente ele passa a ser dono”, explica Wellington.

De acordo com o governador piauiense, a empresa Leonardo já possui uma experiência piloto na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro. “Acertamos aqui uma agenda para o mês de janeiro onde vamos celebrar esse acordo, tudo isso com o apoio da Procuradoria Geral do Estado, da equipe de PPPs, da Segurança e dos Bombeiros. É a nossa agenda na Itália já trazendo resultados”, ressaltou Dias.

O diretor da Companhia de Desenvolvimento de Maricá, Carlos Guimarães, ressaltou que a empresa Leonardo está presente em todo o mundo e que tem um portfólio consolidado. Já atua no município no projeto de mobilidade inteligente, segurança urbana e área de inovação e que estará junto ao Governo do Piauí, prestando essa cooperação técnica.

Dê sua opinião:

Tags