Galeria da zona Leste amenizará transtornos causados pelas chuvas, diz Prefeitura de Teresina

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7km de extensão

A construção da galeria da zona Leste avança pela marginal direita da Avenida João XXIII, após o período das chuvas. Na manhã desta terça-feira (18), o prefeito Firmino Filho, a deputada estadual Lucy, o vereador Ítalo Barros e os representantes da SDU Leste, João Pádua (superintendente), Ângelo Cavalcante (superintendente executivo) e Danilo Alien (gerente de obras) visitaram a obra que amenizará os transtornos causados pelos alagamentos na região.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

“A galeria já completou pouco mais de um quilômetro. Ela é um dos nossos grandes desafios de drenagem aqui na região e esperamos que no próximo inverno a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas”, disse o Superintendente João Pádua.

Atualmente, a obra interditou o trecho da marginal direita da Avenida João XXIII (sentido Centro-Leste), em frente à loja Jacaúna, para a passagem de veículos e pedestres. No local, foram iniciadas as escavações e colocação de aduelas para dar prosseguimento ao acesso da galeria.

Para minimizar os transtornos aos cidadãos, algumas medidas foram tomadas em conjunto com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (STRANS), com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os veículos que vêm do Centro para a zona Leste têm duas opções de rotas na Avenida João XXIII.

No trecho marginal está sendo possível seguir até a nova sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PI) e, logo após, fazer o desvio à esquerda, pegando a avenida central da João XXIII.

Há ainda um desvio na Rua Alzira Pedrosa, antes da Canadá Veículos, que foi modificada para mão única para facilitar o tráfego dos veículos. Após acessar a rua, os veículos podem seguir pelas ruas Francisco Falcão Costa e Miguel Arcoverde. Em seguida, está sendo possível acessar a Rua Antônio Ramos e, por fim, a Rua Desembargador Pedro Conde para então chegar novamente na marginal direita da João XXIII.

“As próximas fases terão uma complexidade maior, mas já estamos estudando as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, completou o superintendente executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante.

No plano da mobilidade urbana a Prefeitura tem destinado ações que visam o aprimoramento do setor para levar comodidade à população teresinense, como será o caso da Avenida Ulisses Marques.

A obra representará um avanço na mobilidade urbana, ligando as avenidas Raul Lopes e Presidente Kennedy. A via terá 4,6km de extensão e o investimento é de R$ 20,64 milhões, contemplando, além da pavimentação asfáltica, calçadas, sinalização viária e intervenções de drenagem.

“Aprimorar o plano de mobilidade urbana da nossa cidade para proporcionar maior qualidade de vida aos moradores é uma das nossas maiores missões”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

Com recursos do Ministério das Cidades e convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF), a construção da via foi inicialmente diagnosticada no Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU) da cidade, elaborado em 2007. A implantação desta avenida capacita a Raul Lopes para ligações viárias importantes entre as zonas da cidade.

Por fim, a comitiva percorreu as ruas do bairro Pedra Mole, juntamente com as lideranças do bairro. A visita teve o intuito de aproximar a Prefeitura da comunidade, sobretudo ouvir os maiores pleitos dos moradores do local.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: