Um homem identificado como Pedro Henrique de Oliveira Moura, natural de Minas Gerais, foi preso durante o cerco da Polícia aos acusados de assaltos a bancos em Campo Maior, no Norte do Piauí. Pedro Henrique estava de posse de um fuzil e chegou a fazer uma família de refém durante a fuga.

De acordo com a Secretaria Estadual da Segurança Pública, o acusado de integrar o grupo criminoso responsável pelo roubo as agências bancárias da Caixa Econômica e do Banco do Brasil de Campo Maior, foi preso na noite desta segunda-feira (06/05), na divisa entre os estados do Piauí e Ceará.

Pedro estava em posse de um documento falsificado, onde era identificado como Silas Teixeira Balbino. Esta foi a sexta prisão da polícia na ação. Além dos presos, oito acusados foram mortos em confrontos com a polícia. 

Dê sua opinião:

Tags