(Foto: Ccom)

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta segunda-feira (27/05), no Palácio de Karnak, com técnicos da Macroplan e gestores da Seplan, SAF, Sesapi, Seduc, Sefaz, Sasc, Semar, Seinfra, Sedet, Setrans e Emater. Em pauta, a elaboração do Plano Plurianual (PPA) e as principais metas a serem alcançadas até o ano de 2030.

Um dos principais desafios é elevar a expectativa de vida do piauiense. A meta é chegar, a partir de ações integradas de saúde, educação e segurança, a uma expectativa de vida de pelo menos 76,6 anos, mesma velocidade atingida por Alagoas entre 2007 e 2017. Seguindo a variação da última década registrada pelo estado de Pernambuco, o maior com crescimento no período, o Piauí poderá chegar a 77,5 anos.

Dentro da meta de aumentar a expectativa de vida, alguns objetivos foram traçados: chegar em 2030 com 72% da população adulta com 18 anos ou mais com ensino fundamental completo; aumentar em 50% a renda domiciliar; triplicar o acesso a saneamento adequado; fazer com que nenhum município apresente Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo de 0,7.

O PPA é elaborado pela Secretaria do Planejamento com a colaboração da Macroplan, empresa contratada para prestar consultoria na metodologia de gestão orientada para resultados. “Como é um método que está sendo implantado agora no estado, procuramos uma assessoria especializada na área. A Macroplan capacitará as equipes dos órgãos estaduais para que cada um elabore o seu plano de trabalho”, esclareceu a superintendente de Planejamento Estratégico da Seplan, Rejane Tavares.

Segundo o diretor da Macroplan, Gustavo Morelli, o maior desafio é pensar o Piauí para além dos próximos quatro anos. “A discussão de hoje foi em torno de quais são os principais objetivos para o Piauí de 2030. O PPA fica pronto em setembro, quando precisará ser validado para que possamos começar a executar a partir de janeiro do próximo ano. Enquanto isso, os órgãos farão os planos de trabalho e a orientação é que cada setor defina bem quais são as prioridades que atendam as metas que o estado pretende alcançar”, afirmou Gustavo.

“O PPA é a base para o orçamento e diretrizes do Estado. Neste ano, temos metas a serem cumpridas principalmente na área da educação, como a redução do abandono, evasão escolar e reprovação dos alunos; na saúde, reduzindo mortalidade infantil, de gestante e no trânsito; na economia, promovendo a infraestrutura necessária de rodovias, aeroportos e gerando renda para a população. É o que vai permitir com que alcancemos em 2022 o alto IDH e em 2030 uma alta expectativa de vida”, destacou Wellington Dias.

Fonte: Ccom

Dê sua opinião:

Tags