Discussão no interior do Piauí termina com duas pessoas mortas e uma baleada

O acusado foi preso ainda no final da tarde, segundo informações da Polícia Militar de Amarante repassadas ao site local Somos Notícia.

Por volta das 16h de sábado (15) duas pessoas foram assassinadas a tiros durante uma discussão em Amarante, no interior do Piauí.

Uma das vítimas, conhecida apenas como "Zezin", morreu no local, enquanto a outra, identificada como César Paulino, foi encaminhada para o Hospital Regional Dr. Francisco Ayres Cavalcante, onde morreu pouco depois de dar entrada.

O acusado foi preso ainda no final da tarde, segundo informações da Polícia Militar de Amarante repassadas ao site local Somos Notícia. “Depois do ocorrido, iniciamos as diligências e conseguimos prender o autor dos disparos. Nós o encaminhamos para Delegacia Regional de Água Branca”, disse o sargento Vieira.

Ao todo foram efetuados quatro disparos. Uma terceira pessoa – conhecida apenas como Edileuza, foi atingida e levada para o hospital de Amarante e, em seguida, encaminhada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Ainda de acordo com o site local, a terceira vítima seria uma mulher de identificação não informada. “Ela não percebeu que havia sido baleada. Só se deu conta depois que viu o sangue escorrer”, afirmou ao Somos Notícia uma fonte que não quis se identificar. Informações não confirmadas pela polícia apontam que os envolvidos tinham o costume de beber juntos.

A Polícia Militar de Amarante e a Força Tática foram acionadas para atender a ocorrência. Segundo informações do cabo Giordano. A Força Tática recebeu um telefonema informando da ocorrência.

“Recebemos uma ligação de um informante que disse ter havido esse ocorrido com uma pessoa ferida e duas pessoas que morreram em consequência dos disparos de arma de fogo em Amarante. Acionei a equipe de serviço da Força Tática e logo se deslocaram para o local do assassinato”, afirmou o cabo Giodano ao confirmar que teria havido uma discussão entre os envolvidos, o que pode ter ocasionado o duplo homicídio.

A Polícia Militar informou que ainda não há informações sobre as causas da discussão entre o suspeito e as vítimas baleadas.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: