Portal O Estado

Controle da ansiedade e melhoria da concentração são benefícios da yoga e meditação com crianaçs

Segunda a professora de Yoga e Meditação Juliana Fiuza, as práticas de meditação e yoga com crianças são fundamentais para a promoção do bem-estar, concentração e disposição em sala de aula

Correria na escola, cobranças por boas notas, semanas repletas de atividades. A rotina escolar das crianças se torna cada vez mais vertiginosa com o passar dos anos, o que tem causado desconforto no aprendizado e nas relações sociais dos alunos por conta da ansiedade.

Segunda a professora de Yoga e Meditação Juliana Fiuza, as práticas de meditação e yoga com crianças são fundamentais para a promoção do bem-estar, concentração e disposição em sala de aula.  A professora enfatiza que esses processos vêm para ajudar no desenvolvimento infantil. “Promovendo a atenção plena, o foco absoluto-resposta que potencializa a criatividade- torna-se mais acessível às crianças, principalmente em séries que exijam uma chuva de informações por horas a fio.”, comentou Fiuza.

Uma pesquisa realizada na Universidade de Tulane, nos Estados Unidos, revelou que há um efeito positivo da prática de yoga no comportamento de crianças que já manifestam os sintomas de ansiedade.

De acordo com o estudo, a participação em atividades meditativas também pode contribuir diretamente no bem-estar e na saúde emocional infantis. Ao final da experiência, a combinação entre relaxamento guiado e posições de yoga além dos exercícios de respiração foram bastante importantes para um estado mais sereno.

Apesar de comum em jovens e adultos, a ansiedade precisa estar bem monitorada desde os pequenos, a fim da elaboração de planos estratégicos cada vez mais eficazes no trato com o público infantil.

“Sabemos que a meditação tem inúmero benefícios desde a infância e que existem maneiras de lidar com a ansiedade. E essas respostas já podem ser observadas desde os primeiros anos de vida, sempre com o suporte e carinho da família.”, finalizou Juliana Fiuza.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: