A forma com que Náutico e Altos-PI empataram, por 2 a 2, na estreia da Copa do Nordeste demonstram que ambos os clubes tem grandes pretensões no torneio. Integrantes do Grupo C da competição, os times fizeram um jogo disputado, que contou, além dos quatro gols, com três expulsões, sendo uma de treinador. Com o resultado, ambos dividem a liderança do Grupo C com 1 ponto, porém, isso deve mudar nesta quinta, caso haja um vencedor no duelo entre Bahia e Botafogo-PB.

Náutico e Altos se enfrentaram na Arena Pernambuco pela Copa do Nordeste (Foto: JC Imagens)

Surpreendentemente, o Altos-PI começou controlando a partida, com boa posse de bola e arriscando de fora da área.

Contudo, o Náutico começou a se achar em campo, tanto que abriu o placar aos 20 minutos. Esperto, Hygor roubou a bola e passou Fernandinho. Rápido, o atacante não deu chance para Leone acompanhá-lo. E, cara a cara com Gideão ele não perdoou, 1 a 0.

O Jacaré, entretanto, não se abateu e empatou aos 26. Em boa cobrança de escanteio que veio da esquerda, o zagueiro Leone subiu mais que a defesa adversária e testou firme. Jefferson nada pode fazer, 1 a 1. Frenético, o jogo embalou e o Timbu voltou a ficar na frente aos 29 minutos.

Dessa vez, Wallace Pernambucano foi quem marcou. O volante aproveitou cruzamento rasteiro da direita e sem marcação soltou um petardo, fazendo 2 a 1 para o Timbu. O primeiro tempo seguiu lá e cá, mas sem outros gols.

O segundo tempo começou frenético, demonstrando como seria o restante da partida. Aos 12, Wallace Pernambucano experimentou de longe, Gideão se esticou todo para evitar o terceiro do Náutico. A resposta do Altos foi com bola na rede. Dois minutos depois, Dudu marcou um gol de placar. De muito longe, o atacante acreditou e bateu falta direto para o gol. Jefferson até tentou e chegou a tocar na bola, mas não o bastante para evitar o empate, 2 a 2.

A partir do gol de empate, a partida ganhou em intensidade, porém, alguns atletas confundiram vontade com ignorância. Após troca de empurrões, Éverton Moura e Ribeiro foram expulsos.

Não bastasse isto, o técnico do Altos, Waldemar Lemos, também se excedeu e chegou a entrar em campo durante a confusão. Denis da Silva Ribeiro Serafim não pensou duas vezes e mandou o treinador para o vestiário mais cedo também.

Quando a bola voltou a rolar, o Náutico teve duas boas oportunidades para conquistar os três pontos, mas não aproveitou. Na primeira, aos 48, Gabriel Araújo escorregou na tentativa de cruzar - o ataque estava bem posicionado. Aos 50, Medina teve espaço e tempo para finalizar, mas o chute saiu completamente sem direção.

Confira os melhores momentos da partida:

PRÓXIMOS JOGOS
O Náutico volta à campo na próxima sexta (19), quando recebe o América-PE, às 21h (horário de Brasília), novamente na Arena Pernambuco, mas desta vez em partida válida pela 1ª rodada do Campeonato Pernambucano. Já o Altos-PI descansa um pouca mais, porque joga somente no domingo (21), quando visita o Piauí, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Albertão, em Teresina, em partida que abre o Campeonato Piauiense.

Dê sua opinião:

Tags