Messi, Cristiano Ronaldo e Van Dijk são os finalistas do prêmio de melhor do mundo Fifa

Alisson e Ederson concorrem na categoria de goleiros com Ter Stegen, mas Tite e Matheus Cunha ficam fora da disputa entre os técnicos e do Puskàs, respectivamente

A Fifa anunciou na manhã desta segunda-feira os três finalistas dos prêmios The Best, de melhor do mundo na temporada 2018/19. Entre os jogadores, concorrem o argentino Messi, do Barcelona o português Cristiano Ronaldo, da Juventus, ambos vencedores do troféu cinco vezes cada um, e o zagueiro holandês Van Dijk, do Liverpool, ganhador na eleição da Uefa na sexta-feira passada. Dois brasileiros da Seleção estão na disputa de goleiros: Alisson, do Liverpool, indicado com destaque da posição na Europa, e Ederson do Manchester City, dividem votos com o alemão Ter Stegen, do Barcelona.

Messi também concorre no Prêmio Puskàs, de gol mais bonito da temporada, pelo toque de cobertura contra o Bétis, em março. Seus adversários são o colombiano Quintero, pela cobrança de falta pelo River Plate diante do Racing, em fevereiro, e o húngaro Dániel Zsóri, do Debrecen, autor de uma bicicleta contra o Ferencváros. O brasileiro Matheus Cunha, do RB Leipzig, era um dos 10 indicados, mas ficou fora do trio finalista.

Outro do país que estava na lista de concorrentes, mas não conseguiu votos necessários para a disputa do prêmio, é o técnico Tite. São finalistas da categoria o espanhol Guardiola, do Manchester City, o argentino Mauricio Pochettino, do Tottenham Hotspur, e o alemão Jürgen Klopp, do Liverpool

Em compensação, o Brasil tem representante no Fifa Fan Award, dedicado aos torcedores. É Silvia Grecco, mãe do palmeirense Nickollas que narra as partidas para o filho deficiente visual. Ela concorre com Justo Sánchez, uruguaio fã do Cerro que passou a acompanhar os jogos do rival Rampla Juniors em homenagem ao filho falecido. Ambas as histórias disputam o prêmio com os holandeses, pela festa na Copa do Mundo Feminina.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: