Portal O Estado

Jogador brasileiro leva pedrada da torcida e jogo na Tunísia é suspenso

Gil Bahia, do Ben Guerdane, sofre ferimentos no braço após ser agredido por organizada do Stade Gabesien: “Vi o sangue descendo pelo braço”

Uma partida do Campeonato Tunisiano teve que ser encerrada antes do fim após um jogador brasileiro levar pedrada da torcida rival. Tudo aconteceu no último sábado, quando o Ben Guerdane, do lateral-direito Gil Bahia (revelado pelo Cruzeiro e com passagem pelo Bahia), enfrentou fora de casa o Stade Gabesien. Vítima da violência, Gil Bahia explicou o incidente ocorrido no segundo tempo do jogo.

"A gente perdia o jogo de 1 a 0 e estávamos pressionando eles, que estão brigando pelo rebaixamento. Então começou o problema com um torcedor que invadiu o campo, foi para cima do juiz, mas a polícia o retirou. Depois começaram a jogar pedras pequenas em mim quando eu estava cobrando o escanteio, mas sem me acertar. Mas quando eu fui bater o escanteio novamente, eu só vi o vulto da pedra vindo na direção do meu rosto, eu desviei e acertou no meu braço. Vi o sangue descendo pelo braço", contou Gil Bahia, de 27 anos, admitindo que ficou tão revoltado no momento da agressão que tacou uma pedra de volta na direção da arquibancada (assista o vídeo abaixo).


O Stade Gabesien foi multado em 45 mil dólares (R$ 184 mil) e perdeu três pontos no campeonato pelo ocorrido. O ex-lateral cruzeirense foi levado a um hospital, mas recebeu alta no mesmo do dia e segue com o braço inchado.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: