Portal O Estado

Imprensa rasga elogios a "Vingadores: Ultimato" em primeira exibição nos Estados Unidos

Sem spoilers, o "aviso" principal foi na linha de que é melhor levar uma caixa de lenços ao cinema

A imprensa norte-americana teve a chance de ver pela primeira vez ontem o aguardado "Vingadores: Ultimato", que estreia no Brasil nesta quinta-feira. As primeiras reações foram de elogios, principalmente ao tom épico e à trama emotiva dirigida pelos irmãos Anthony e Joe Russo, que põe fim à série de quatro filmes do coletivo de super-heróis, em sua jornada decisiva contra Thanos.  

As sessões aconteceram em Los Angeles, em um centro de convenções, e os jornalistas e críticos puderam expor algumas opiniões sem spoilers nas redes sociais.

O "aviso" principal foi na linha de que é melhor levar uma caixa de lenços ao cinema.  

Há ainda algumas revelações pequenas, mas saborosas: um dos críticos diz que após ver o filme gostaria de "ser filho de Tony Stark". Um jornalista confirmou que 90% das imagens dos trailers dizem respeito apenas aos primeiros 15 minutos do longa - deixando muitas surpresas para os fãs assistirem. Um terceiro alertou para que não se espere um "Guerra Infinita parte 2".  

Para Brandon Davis, do site Comic Book, "'Ultimato' é surpreendente, um filme fantástico. Eu nunca vi nada como isso. Esse filme é tudo que eu queria que fosse e muito mais. Fantástico."

Ele ainda acrescentou: "Enquanto assistia ao filme, eu ri muito alto, bati palmas com muita força e chorei demais. 

O filme excede toda a expectativa e é a culminação perfeita para todo o universo cinematográfico da Marvel".  O editor-chefe do Rotten Tomatoes Joel Meares foi direto: "Os fãs vão ficar malucos."  

Editor do Fandango, Erik Davis tuitou: "O filme é a culminação de uma série de 22 filmes que não apenas conclui a história, mas a expande para além disso."

Ele ainda acrescentou: "Você descobre mais sobre os filmes enquanto ['Ultimato'] se desenrola. Se 'Guerra Infinita' foi músculo, 'Ultimato' é cérebro. Uau, que encerramento!".  

Peter Sciretta, do Slash Film, também destacou o choro. "Imagine a melhor versão para 'Ultimato' e ainda assim passa das expectativas. Chorei cinco ou seis vezes. É o filme mais emocional e épico. Um tributo a dez anos deste universo e um grande 'fan service'. Muito bom"

Menos "elegante", Kristian Harloff, do Movie Trivia Schmoedown, admitiu: "'Ultimato' chutou minha bunda. Foi uma conclusão épica. Teve risos, ação incrível e uma montanha-russa emocional. É o fim de série para esse elenco de personagens, do jeito que eu esperava. Parabéns a todos".

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: