Portal O Estado

Festival CANTHE emociona jurados em final acirrada e consagra Ana Tossano

CANTHE trouxe o melhor da música brasileira com oito finalistas e premiação total de R$ 10mil

Emoção, talento e muita energia na final da 3ª edição do Festival CANTHE do Teresina Shopping. O evento aconteceu neste fim de semana e contou com a presença de jurados nacionais com a missão de exaltar a melhor voz entre os oito finalistas do concurso.

Com seu gingado mulato brasileiro, Ana Tossano foi a grande vencedora da edição e recebeu R$5 mil + um fim de semana em hotel no litoral piauiense. A jovem de 18 anos, que interpretou ‘Russian Roulette’ de Rihanna, afirma ter se preparado bastante para o festival e, por conta disso, disse não ter ficado nervosa, mas ansiosa para a final. “Estou muito feliz! Eu me preparei muito estudando. Por isso, agradeço aos meus professores de música que me ajudaram a chegar até aqui e ter conseguido essa oportunidade incrível”, comemorou.

Em segundo lugar, Maria Luiza conta que a presença de pai e tio músicos foram inspiração durante as batalhas e isso a estimulou a continuar, resultando no prêmio de R$3 mil pela 2ª colocação. “Eu tive muito preparo do meu pai e tio que são músicos, que me inspiraram e me ajudaram a chegar até aqui. Estou muito feliz, muito realizada e com sensação de dever cumprido e com a autoestima lá em cima, estou acreditando mais em mim mesma”, revelou a finalista.

Trazendo o MPB de Elis Regina e Dominguinhos, Clara Gomes comemorou o 3º lugar com a premiação de R$2mil.  “Estou em êxtase! Essa é a palavra que mais me define nesse momento. Muito feliz em ter participado do festival”, vibrou.

Jurados

A final do CANTHE contou com a presença dos jurados nacionais Patrícia Mellodi e Walmir Borges, além dos locais Lilly Araújo, Lázaro do Piauí e Sérgio Matos para a seleção dos três melhores colocados. A tarefa de escolher as melhores vozes da noite foi regida por muitas considerações, risos e interações com o público.

Patrícia Mellodi, cantora e compositora piauiense reside no Rio de Janeiro há mais de 20 anos conta sua experiência como jurada em outras ocasiões, mas sempre com a responsabilidade de tocar na beleza que é o sonho de alguém. “Eu sempre fico muito emocionada, porque é muito bonito colocar luz no sonho, na música e no jovem.  Tivemos aqui crianças e pré-adolescentes até 18 anos. Então, um leque enorme de sonhos”, disse.

A jurada também menciona a alegria que é proporcionar momentos como esse, dividindo anseios e comemorou a iniciativa do shopping em promover o festival. “Eu acho que a música é curativa, alegria, um remédio para alma. Independente se esses jovens vão virar profissionais ou não, é um investimento no sonho. Eu não teria coração para tanto, ainda bem que eu não participei do evento inteiro. Hoje foi demais! Parabéns Teresina Shopping e todos os patrocinadores”, agradeceu Mellodi.

Músico e produtor no cenário nacional, Walmir Borges integrou bancas julgadores em programas como Show da Gente, do cantor Netinho de Paula no SBT. Walmir explica que oportunidades assim devem ser comemoradas e aproveitadas a fim de possibilitar a realização dos sonhos, como a música. “Eu acho que esse incentivo é muito válido, principalmente para esses novos talentos, pois vemos crianças de 11 a 18 anos e é muito bacana esse incentivo. O Teresina Shopping tá de parabéns mesmo”, afirmou.

Conhecido por uma das mais belas homenagens a Teresina com sua música de refrão “ai, troca quem troca, destroca”, o cantor e compositor Lázaro do Piauí revela o nervosismo em precisar julgar o talento de um participante.

“Julgar o que o outro está fazendo de coração nos deixa com medo de errar. Mas é necessário que haja essa avaliação. E eu avalio com 10 quando vejo eventos como esse. Quando há um festival assim, é possível descobrir talentos aqui. Então, eu louvo sempre o Teresina Shopping, esse grupo que faz eventos como esse. E eu não me furtaria de vir com o maior prazer”, finalizou Lázaro.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: