Portal O Estado

Clean Bandit estreia no Brasil mais pop que clássico e de olho em parceria com Anitta

Trio inglês que surgiu juntando música eletrônica e clássica agora 'faz o que quiser', diz Grace ao G1. Viagem a SP e ao Planeta Atlântida é 'ocasião perfeita' para gravar com Anitta, ela diz.

Grupo britânico Clean Bandit — Foto: Clean Bandit - Rita Zimmermann/Divulgação

A tal "mistura de música eletrônica e clássica" que diferenciou o trio inglês Clean Bandit com o hit "Rather Be" (2013) vira cada vez mais uma mistura de tudo com qualquer coisa. É assim, "fazendo o que quer" (como define a multiinstumentista Grace Chatto), que o grupo estreia no Brasil.

Eles fazem shows nesta sexta-feira (1) em São Paulo e no sábado (2) no Festival Planeta Atlântida, em Xangri-la (RS). Veja serviço abaixo.

O grupo continua em alta, mas Grace está menos presa aos sons do violoncelo e do violino. Basta ouvir os maiores sucessos pós-"Rather be", como a recente "Baby", super latina, com Marina (ex-the Diamonds) e o astro do reggaeton Luis Fonsi.

Grace não gosta muito de ser questionada sobre 'para onde o Clean Bandit está indo'. 'Quando começamos, a música clássica era uma coisa que unia a gente. Mas hoje também tem música latina, reggae... Coisas de todo lugar. Vamos para qualquer direção que a gente quiser', responde.

O segundo álbum, "What Is Love?" do final de 2018, tem vozes de Demi Lovato e Zara Larsson ao rap de Big Boi e Stefflon Don, passando pelo reggaeton do Fonsi, o novo pop de Alma, o R&B de Craig David, o afrobeat de Davido...

Encontro com Anitta

Uma dessas direções pode chegar a Anitta. Aliás, foi num encontro casual que a chance de parceria surgiu. Grace e Anitta se esbarraram nos bastidores de um show na Espanha, durante a turnê que a brasileira fez pela Europa no ano passado.

"Foi uma coisa natural. Eu passei pelo camarim dela e a gente conversou. Falamos de uma colaboração, mas não fizemos nada ainda. Não tivemos chance de estar no mesmo país, na mesma hora", ela diz.

Ora, então a viagem ao Brasil - onde eles tocam no palco do Planeta Atlântida pelo qual Anitta passa um dia antes - seria a tal chance...

"Sim, é uma boa ideia. A gente está viajando sempre. Se a gente se encontrar e fizer alguma coisa juntos no Brasil, vai ser perfeito. Tenho que mandar uma mensagem para ela", diz Grace.

"Acho que ela é tão quente em tudo que faz. Tão sexy e poderosa! A minha preferida é 'Downtown', com J Balvin. Acho que é a música mais sexy que eu já ouvi", diz Grace sobre Anitta.

"Ela ela é uma das minhas artistas favoritas do mundo atualmente, seria um sonho fazer isso acontecer", derrete-se Grace.

'The Voice' na voz

Não é por acaso que a inglesa fica de olho nos vocalistas mais "quentes" pelo mundo. O Clean Bandit não tem um cantor principal, e depende dos "feats", como de Jess Glyne em "Rather be" a Anne-Marie e Sean Paul em "Rockabye".

Como não dá para levar todo mundo na mala, como funcionam os shows? "Nós temos duas incríveis cantoras que a gente leva para todos lugares, Yasmin Green e Kirsten Joy. Amamos cantar com elas", explica Grace sobre o show que os brasileiros vão ver.

Kirsten chegou a ficar famosinha na Inglaterra ao participar da primeira edição no país do reality show "The Voice", em 2012. Entrou no time de Jessie J e chegou à ultima etapa antes da final. Gravou um EP em 2013 antes de entrar na formação ao vivo do Clean Bandit.

"Muitas vezes os vocais delas são melhores que os originais", provoca Grace.

Clean Bandit em São Paulo

  • Data: Sexta-feira (1)
  • Horário: 23h00
  • Local: Audio – Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca – São Paulo (SP).
  • Ingressos: A partir de R$ 120
  • Venda: www.ticketsforfun.com.br

Fonte: G1

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: