Portal O Estado

Após cachê cair pela metade, Nego do Borel tenta se reerguer com novo empresário

A primeira medida tomada pela nova equipe foi demitir o produtor executivo do funkeiro. Renatinho trabalhava com Nego desde o início de 2018 e esteve com ele no momento de crise, após a polêmica com a transexual Luísa Marilac.

Ex-produtor de Nego do Borel foi demitido Foto: reprodução/instagram

Nego do Borel tem um novo gerenciamento de carreira para tentar reerguer seu nome no mercado após a crise aberta pelo episódio com Luisa Marilac. Na época, o funkeiro viu contratos serem cancelados, assim como o adiamento da gravação de seu DVD, e os cachês por show, que eram por volta de R$ 80 mil, reduzidos à metade. Nego já teve na agenda 20 apresentações por mês. Hoje, elas não passam de dez, apesar de sua turnê lotada na Europa.

O funkeiro pertence agora à agência Arca A, do empresário Tuka Carvalho (ex de Anitta), Adriana Araújo e Alexandre Ramalho, que cuidam da carreira de nomes como Solange Almeida, Thiago Martins e do Grupo Pixote.

Cantor demite produtor executivo

A primeira medida tomada pela nova equipe foi demitir o produtor executivo do funkeiro. Renatinho trabalhava com Nego desde o início de 2018 e esteve com ele no momento de crise, após a polêmica com a transexual Luísa Marilac. A ideia agora é reformular e dar uma nova cara ao staff do artista, o que tem deixado os antigos funcionários preocupados e pensando em recorrer à Justiça.

Fonte: Extra

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: