Jovem é condenado após pichar prédio público e ferir policial em Batalha

​Denunciado pelo Ministério Público, João Carvalho da Silva Filho, foi condenado à pena de 3 anos e 9 meses de detenção em regime semiaberto

Denunciado pelo Ministério Público, João Carvalho da Silva Filho, vulgo “Pitoco”, 23 anos, foi condenado à pena de 3 anos e 9 meses de detenção em regime semiaberto, além de multa. Ele foi sentenciado com base nos artigos 306 e 309 (embriaguez ao volante e direção sem habilitação) do Código de Trânsito Brasileiro e 163 da Lei dos Crimes Ambientais: pichar ou, por outro meio, sujar edificação ou monumento urbano. O julgamento ocorreu no dia 5 de junho. Cabe recurso.

Segundo narrado nos autos, no dia 05 de setembro de 2015, o réu, após ingerir bebidas alcoólicas, e em avançado estado de embriaguez, sem habilitação, conduzindo uma motocicleta, marca Honda, modelo CG 150, placa LVO- 6988-P1, local em que pretendia fazer visita um amigo preso. Contudo, ao ser informado que aquele horário não era adequado, passou a acelerar a motocicleta em frente à delegacia, fazendo manobras perigosas. Não satisfeito, o réu apoderou-se de uma pedra com a qual fez pichações nas paredes do prédio público. Ao receber ordem de prisão o indivíduo resistiu e lesionou um dos militares, oportunidade em que foi constatado que o réu não possuía habilitação.

Fonte: Folha de Batalha

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: