​Audiência pública será realizada para discutir condições de conservação da "Pedra do Letreiro"

O encontro acontecerá no próximo dia 17, na sede da Câmara Municipal de Batalha

O Instituto Nacional do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), o Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Promotor de Justiça Antonio Charles Ribeiro de Almeida, instaurou Procedimento Administrativo para apurar as condições de conservação do Sítio Arqueológico "Pedra do Letreiro", formação rochosa de notável valor paisagístico e histórico-cultural, localizado na área urbana do município de Batalha.

Na próxima terça-feira, dia 17 de julho, às 15h, na Sede da Câmara Municipal de Batalha-PI, será realizada uma audiência pública com a comunidade batalhense, IPHAN, Prefeitura Municipal e Poder Legislativo, para discutir a importância e a efetividade do envolvimento social na preservação do sítio arqueológico.

Segundo a representante do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Luzia Leal, a “Pedra do Letreiro” foi inserida no Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos desde 1995, com base na Lei Federal nº 3.924, de 1961.

“Para a proteção de sítios arqueológicos, o IPHAN utiliza registro, juntamente com levantamento fotográfico, delimitação da área, preenchimento de ficha e localização geográfica. Em alguns sítios arqueológicos no Estado do Piauí, o IPHAN desenvolve atividades de conservação e educação patrimonial”, pontua.

Fonte: Folha de Batalha

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: